Destaques
Home / Perfumes Femininos / Dolce & Gabbana Light Blue

Dolce & Gabbana Light Blue

Light Blue continua batendo um bolão.  Lançado em 2001, trazendo litros de limão, o frescor marítimo e um musk caloroso e sensual, ele se tornou rapidamente muito popular, e vem seguindo o preferido de muita gente.

Claro que sempre vai ter aquele ou aquela que vai achar este exagero de limão algo parecido com detergente, mas paciência, não são os perfumes que parecem produtos de limpeza, e sim o contrário. A vitalidade exuberante que Light Blue Dolce & Gabbana proporciona é fora do comum.

A projeção desta fragrância, como muitos perfumes extremamente cítricos, é alta. Sim, você vai sentir de longe, e sim, você pode decididamente enjoar e se enjoar com ele, dependendo da quantidade.

Limão da Calabria, claro, é o carro chefe, vibrante e dominador. Não tem como não pensar em frescor, verão e uma caipirinha (ou mojito), cabelos molhados. Este é seu apelo. Maçã verde e crocante, bambu verde (com um aroma amargo e sumoso), violetas geladas e um leve acorde marinho dão impulso às notas de saída, como um mergulho refrescante.

Light Blue adocica com rosas brancas e jasmim, e procura o equilíbrio com notas amadeiradas de cedro. Já ouvi muita gente comentar que acha o musk de Light Blue muito forte, e devo concordar. Entretanto, a fixação do perfume também costuma ser muito boa.

Apesar de pessoalmente achar Light BLue decididamente plástico, sintético e de conseguir perceber este musk exagerado, eu gosto da fragrância, já que ela transmite uma imediata energia positiva e sexy.

Embora seja ainda muito popular, o fascínio de Light Blue é  perfeitamente justificável, chamem-no de brega ou não.

O responsável por Dolce & Gabbana Light Blue Women é Olivier Cresp.

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

*